HAZMAT Response: A Field Operation Guide

O “HAZMAT Response: A Field Operation Guide” é dirigido a todos os agentes de proteção civil (APC) e trabalhadores que possam estar em contacto com matérias perigosas, procurando fornecer informações de consulta rápida para auxiliar no processo de tomada de decisão e condução de ações, salvaguardando sempre a segurança dos operacionais e do público.

Escrito por Jeffrey Zientek, antigo Capitão dos Bombeiros de Phoenix (Phoenix Fire Department) que, ao longo de 33 anos, construiu um extenso curriculum na área das matérias perigosas, com diversas formações e intervenções em cenários complexos. Embora retirado dos Bombeiros, o autor continua a ministrar formação na área.

Jeffrey Zientek, o autor da publicação

Antes demais, o que é um FOG? Bem, um Field Operation Guide (FOG), ou Guia de Operações no Terreno, é uma publicação técnica que visa dar apoio na decisão e no desenrolar de processo de ação de uma determinada equipa num teatro de operações. Por norma, este tipo de guia, tem um tamanho que lhe permite ser transportado no bolso do operacional e é estruturado em formato de lista de verificação (checklist) complementado com árvores de decisão (flow charts).

O FOG está bastante bem estruturado, com 8 grandes secções (organização e tarefa de equipas, recomendações para acidentes mais comuns, procedimentos de espaços confinados para equipas HAZMAT, sinalização de transporte, sinalização GHS, identificação de contentores e cisternas, propriedades químicas e, por último, os agentes NRBQ).

Índice do FOG

Ao longo de 112 páginas destacam-se alguns diagramas, como os da organização de linhas de descontaminação, com diferenciação ilustrada das tradicionais linhas com três áreas e as linhas “secas”, e o esquema para organizar uma zona de envergar EPI. As tarefas são estruturadas em formato de lista de verificação, permitindo ao leitor/utilizador/técnico aplicar procedimentos de uma forma estruturada e sem saltar etapas de forma inadvertida.

Igualmente interessante é a secção dedicada aos incidentes mais comuns, onde o autor aborda as intervenções com gás natural, os edifícios “doentes” (sick buildings), os pós/substâncias desconhecidas (bioterrorismo) com uma árvore de decisão com ampla aplicabilidade e direcionada para a identificação, os incidentes envolvendo mercúrio, as emergências radiológicas, os capotamentos de cisternas e as trasfegas de substâncias. A cada tipo de ocorrência é dado um enquadramento genérico e procedimentos de intervenção e segurança.

Secção dedicada aos incidentes mais comuns

Um último destaque para a secção das propriedades químicas, onde são analisadas 16 substâncias em cinco campos: nome e descrição do composto, características, propriedades físico-químicas, distâncias de isolamento inicial e sinalização.

Secção dedicada às propriedades químicas

Como nem tudo perfeito há alguns contras que se deve ter em mente, mas que vêm do contraste de legislação dos Estados Unidos da América versus Portugal/Europa: a sinalização é muito encaminhada para o DOT (U.S. Department of Transportation) ao invés do usado no “nosso” ADR, embora perfeitamente compreensível e com bastantes pontos em comum, e as unidades de medida são as utilizadas nos EUA, muitas delas diferentes do Sistema Internacional de Unidades (SI) que estamos habituados a utilizar em Portugal.

Secção de sinalização de transporte

De forma geral, este FOG é uma excelente ferramenta para ter num TO, podendo ser utilizada tanto na primeira intervenção, para organizar as equipas e identificar perigos, como em formato “reachback” (apoio à distância) no processo de decisão. Após este primeiro contacto com a publicação, as próximas etapas passam por converter os dados para as nossas Unidades SI, enquadrar alguns procedimentos à realidade nacional e adotar outros procedimentos, por forma a enriquecer futuras ações de formação. Sem dúvida que será muito bem utilizado em cenários de treino em qualquer formato que se possa pensar.

Nota/Créditos das imagens: Para não revelar mais do que o autor pretende, as imagens aqui apresentadas foram retiradas do site oficial da publicação, onde também se pode adquirir o guia: https://hazmatresponseguide.com/.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s